Quentin Tarantino anunciou que só irá dirigir dois filmes antes de se aposentar, segundo informações do The Hollywood Reporter o próximo filme do cineasta será sobre Charles Manson e seu grupo de seguidores. Pela primeira vez Tarantino se afasta dos filmes de gênero para trabalhar em cima de uma história real que envolve o assassinato da atriz Sharon Tate. O projeto ainda está em pré-produção, enquanto Quentin Tarantino faz os ajustes finais no roteiro o processo de escolha de elenco já começou, Brad Pitt e Jennifer Lawrence estariam negociando para participar do filme. Há alguns anos atrás, Tarantino declarou que o mundo não estava pronto para o seu filme de serial killer, embora Charles Manson só tenha matado uma pessoa, ele foi o mandante de oito mortes.

A história de Charles Manson, que desde 1969 cumpre a pena de prisão perpétua nos EUA, já foi tema principal de livros, filmes, documentários e séries. Em 1967 Charles Manson tinha 32 anos quando foi liberado após cumprir sete anos em um presídio da Califórnia, ele recebeu permissão para se mudar para San Francisco, a capital do movimento hippie. No mesmo ano ao som do disco dos Beatles Magic Mistery Tour, Manson reuniu alguns jovens em um ônibus escolar e pegou a estrada, essa seria a centelha inicial do grupo que se chamaria de Família Manson.

Em 1968 os Beatles lançam The White Album, LP que contém a música Helter Skelter, Charles Manson se baseou em letras da banda como essa, além de passagens da bíblia para fazer uma profecia para a Família Manson: uma guerra racial de proporções inimagináveis está para começar, os assassinatos que eles iriam cometer fazem parte de um plano maior. As mortes funcionariam como um gatilho para que o processo do Helter Skelter acontecesse, Helter Skelter era o termo usado por Manson para descrever a guerra entre brancos e negros. Charles Manson disse para eles:

Vejam as músicas dos Beatles, canções que são cantadas no mundo inteiro pelos jovens, não tem nada de novidade, está tudo escrito no livro do Apocalipse de São João. Tem tudo a ver com os quatro anjos programando o holocausto, os quatro anjos procurando pelo quinto anjo para liderar as pessoas até o abismo de fogo, ao Vale da Morte (Death Valley é o deserto em que a família acampava). Tudo está em preto e branco, no The White Album diz branco, não tem como confundir essa cor.

Porém antes dos crimes, em 1967 Charles Manson e o grupo conheceram Dennis Wilson dos Beach Boys, chegando até a morar um tempo em uma casa que pertencia a Dennis. Charles Manson era compositor e conseguiu que um amigo ligado ao meio musical pagasse para que suas músicas fossem gravadas no disco Lie: The Love and Terror Cult (1970), os próprios integrantes dos Beach Boys Dennis Wilson e Brian Wilson anteriormente conduziram uma sessão de gravação com Manson. Uma das canções de Charles Manson teve a letra alterada e foi gravada pelos Beach Boys no EP Bluebirds over the Mountain, a música recebeu o nome de Never Learn Not to Love e em seu registro apenas Dennis Wilson consta como compositor. Nos anos 1990 o Guns N’ Roses fez uma versão da música Look at Your Game, Girl para o seu disco de covers The Spaghetti Incident, outros artistas também gravaram músicas de Manson.

Charles Manson começou a agir após falar a profecia, em janeiro de 1969 a Família Manson se muda do deserto para uma casa que Manson descobriu em Los Angeles. O grupo estava seguindo as ordens de Charles Manson, o plano envolvia a gravação de outro disco que iria provocar o Helter Skelter, porém Terry Melcher, um amigo de Dennis Wilson e dono de uma gravadora, faltou um encontro que a Família Manson havia marcado com ele. Charles Manson vai à residência em que pensava que Terry Melcher morava, mas encontra Sharon Tate e seu marido Roman Polanski, Melcher não era mais inquilino de Rudi Altobelli, o dono da propriedade. A Família Manson passou a viver em um rancho na Califórnia que era usado como cenário para filmes de faroeste, Terry Melcher chegou a visitá-los para ouvi-los cantar.

No mês de junho Charles Manson se envolveu com o traficante negro Bernard Crowe, Manson queria dinheiro, não conseguiu e acabou matando Bernand com um tiro no primeiro de julho. No dia 25 do mesmo mês Manson enviou três pessoas para à casa de Gary Hinman, que teria vendido drogas fracas para eles. Gary Hinman se recusou a dar o dinheiro, o trio manteve Hinman como refém por dois dias, Charles Manson apareceu e cortou um pedaço da orelha do homem (parecido com a cena de Cães de Aluguel). Bobby Beausoleil, um dos invasores, esfaqueou Hinman até a morte, alguém escreveu “Político Porco” com o sangue na parede e desenhou o símbolo dos Panteras Negras. No dia seis de agosto Bobby Beausoleil foi preso dirigindo o carro de Gary Hinman, a arma do crime foi encontrada, dois dias depois no rancho Charles Manson avisou que havia chegado a hora do Helter Skelter.

No dia nove de agosto Charles Manson mandou Tex Watson e três mulheres entrarem no endereço em que Sharon Tate e Roman Polanski moravam, cinco pessoas foram mortas, Sharon Tate estava grávida de oito meses, Polanski escapou por estar em outra cidade. No dia seguinte as vítimas foram o casal Leno e Rosemary LaBianca, uma parte da Família Manson invadiu a casa deles e os assassinou. Nas duas noites de matança o sangue dos mortos continuou a ser usado para a escrita de mensagens nas paredes como as palavras: Porco e Helter Skelter (referências a músicas dos Beatles). No dia 16 de agosto Charles Manson e vinte e cinco pessoas foram presas suspeitas de roubo de carros, os outros membros da Família foram presos ao longo de 1969, alguns no próprio rancho. Condenados a morte inicialmente, Charles e os integrantes da Família Manson receberam a prisão perpétua após uma mudança na lei que proibia a pena de morte na Califórnia.

O filme de 1970 I Drink Your Blood, dirigido por  David Durston, foi a primeira obra a se inspirar nos crimes da Família Manson, em 1973 um documentário foi produzido sobre o tema. O livro Helter Skelter, escrito por Curt Gentry e Vincent Bugliosi em 1974, trouxe detalhes do caso pois Bugliosi  trabalhou como promotor no julgamento de Charles Manson. Um filme para televisão baseado no livro foi ao ar em 1976 com o título de Helter Skelter, em 2004 foi realizada uma refilmagem. Em 1984 o cineasta John Aes-Nihil dirigiu o filmes Manson Family Movies, cinco anos depois estreou o documentário Charles Manson Superstar, de Nikolas Schreck. Vale ainda destacar os filmes The Manson Family (1997), Leslie, My Name Is Evil (2009), Wolves At The Door (2016), e a série de TV Aquarius, criação de John McNamara que teve duas temporadas exibidas entre 2015 e 2016.

Anúncios